Eduardo Poulain

É verdade, eu não consigo escrever das coisas que são maravilhosamente claras, coloridas e bonitinhas. E tudo que eu sempre planejei, me foi dado, agora. E tudo de uma vez, o que foi SENSACIONAL. Ando meio abobalhado.

Eu sempre tive medo de como as coisas ficariam se mudassem, de novos ciclos. Lembro, que quando criança, os ciclos eram bem menos complicados de entender onde começavam e onde terminavam, já que eram baseadas no calendário acadêmico escolar. O início de ano, novos coleguinhas, novos professores, o nervosismo. Eu sempre tive um estranho modo de identificar as sensações. Eu me lembro do cheiro de como era ir à escola, lembro do cheiro da sala, da farda nova, limpinha, no primeiro dia. Lembro do frio na barriga, mas o cheiro, esse sempre fica. Era tudo tão feliz e simples, eu não complicava tanto. Não era necessário tanto esforço pra ser o orgulho. Gostava da sensação de preparação, dos votos de que tudo seria diferente, do dia em que comprávamos todo material - e nossa, como esse dia era feliz - até tenho saudade, desde então, ele nunca mais existiu. No final, só me restava a preocupação com as notas, o medo de decepcionar quem se esforçava por mim, meus pais. Eu sempre fui um bom aluno, apesar de toda a minha vida escolar conturbada. Eu era um belo modelo de toda a frustração de alguém que era guiado, perdido e moldado. Depois disso, tudo era recheado de abraços, aniversário, presentes, fim de ano e mais abraços. Hoje, o começo de ano não significa nada, o fim, muito menos, sem abraços. E o que você é, começa a destruir tudo ao redor, como se a culpa fosse inteiramente sua. Eu sempre fui assim, só não sabia que eu poderia ser assim, nunca me apresentaram o meu eu de verdade. Desculpa, esse sou eu. Hoje os ciclos são iniciados com mais frequências, e vários ao mesmo tempo. Talvez existam ciclos que eu ainda nem percebi, mas sim, uns são bem visíveis e eu me agarro a eles. Crescer é ser você, e assumir com todo o resto.


2 Responses
  1. Andressa Says:

    Assumir é a parte mais difícil, é onde você prova se amadureceu ou se ainda tem ciclos menores mentalmente.
    Gostei mt daqui. (:


  2. Oun, Andressa, me desculpe, vi seu comentário agora. Fico tão feliz que tenha gostado. Volte sempre. *-* Duh. ;*


Postar um comentário